Cruz: Ética, Amor e Loucura.


A Cruz para além das perspectivas que foram elencadas ao longo da história, para além do sentido únicamente símbólico fala-nos muito mais de coisas infinitas e invisíveis. Nos dá presentes subjacentes e embutidos, ferramentas invisíveis capazes de transformar mediante a caridade. A cruz enquanto significante de uma nova proposta de Ser, nos inspira aproximação com o Criador. A cruz nos tira de sob a Lei e nos põe à sombra da graça, traz um novo modelo de ética, mesmo que este novo "modo de ser"(ethos) seja caricaturado como loucura em tempos de utilitarismo e niilismo. Faz-nos ainda ouvir sobre como podemos orientar o nosso agir e nos dá a oportunidade de sermos mais parecidos com Deus. Simultaneamente Ela nos transporta de volta até Ele e exprime o verdadeiro sentido de uma vida eterna, provar e degustar da essência divina: O Amor.
Nesse áudio capturado em uma "palestra" ministrada por mim em um acampamento tentamos trazer à superfície as propostas de Ser que a Cruz traz, temos uma reflexão que começa basicamente tratando superficialmente sobre questões conceituais como Moral, Ética, Amor e Loucura, para depois traçar sentido corrente entre estes. Concluindo pensando como se dá esta ética que possui uma lógica muitas vezes irracional e louca, a "lógica" do amor.

Para ouvir o áudio de Cruz: Ética, Amor e Loucura basta apenas clicar no link que segue: Cruz: Ética, Amor e Loucura  Abraços.

Neemyas Kerr

Comentários

Postagens mais visitadas

Minha foto
Um pecador salvo pela graça de Deus, esposo de uma mulher cuja alma é semelhante a um carvalho, psicólogo apaixonado pela psicologia de Fiodor Dostoievski, Ingmar Bergman e Andrei Tarkovsky.